Páginas

Vips´

17 de dez de 2014

Obama e Raúl Castro anunciam retomada das relações de Cuba e EUA


 Os presidentes Barack Obama e Raúl Castro anunciaram nesta quarta-feira (17) o restabelecimento das relações dos Estados Unidos e Cuba. O embargo comercial ao país caribenho, no entanto, permanecerá.
 
RELAÇÕES CUBA-EUA
A retomada do contato após 53 anos
Obama confirmou que Cuba libertou nesta quarta o prisioneiro americano Alan Gross e, em troca, três agentes de inteligência cubanos que estavam presos nos Estados Unidos voltaram à ilha. A transferência de Gross e dos cubanos Luis Medina, Gerardo Hernandez e Antonio Guerrero foram concluídas.

Os EUA anunciaram as seguintes medidas:
- restabelecimento das relações diplomáticas entre os dois países;
- facilitar viagens de americanos a Cuba;
- autorização de vendas e exportações de bens e serviços dos EUA para Cuba;
- autorização para norte-americanos importarem bens de até US$ 400 de Cuba;
- início de novos esforços para melhorar o acesso de Cuba a telecomunicação e internet.

As medidas incluem ações práticas como o restabelecimento de uma embaixada americana em Havana e a revisão da designação dada pelos EUA a Cuba de Estado que patrocina o terrorismo.
Obama também disse que espera um debate sério do Congresso norte-americano para que levante o embargo que o país mantém a Cuba, que proíbe a maioria das trocas comerciais. Os dois países não se relacionavam desde 1962 - mantendo apenas seções de interesse de nível menor desde 1977 em suas respectivas capitais.
EUA-Cuba (Foto: Doug Mills/Pool/Reuters, Reprodução/Reuters)Barack Obama e Raúl Castro durante seus pronunciamentos  (Foto: Doug Mills/Pool/Reuters, Reprodução/Reuters)
A mudança é ainda mais difícil quando nós carregamos a carga pesada da história nos nossos ombros. Mas hoje nós estamos fazendo essas mudanças porque é a coisa certa a fazer"
Barack Obama
Obama disse que a normalização das relações com Cuba encerram uma "abordagem antiquada" da política externa americana. Ao justificar a decisão, o presidente disse que a política "rígida" dos EUA em relação a Cuba nas últimas décadas teve pequeno impacto.
O presidente americano afirmou acreditar que os EUA poderão "fazer mais para ajudar o povo cubano" ao negociar com o governo da ilha.
Ele usou uma frase em espanhol durante o discurso: "Todos somos americanos".
"A mudança é difícil nas nossas vidas e na vida das nações. E a mudança é ainda mais difícil quando nós carregamos a carga pesada da história nos nossos ombros. Mas hoje nós estamos fazendo essas mudanças porque é a coisa certa a fazer."
Em Havana, Raúl Castro confirmou o restabelecimento de relações diplomáticas e disse que quer restabelecer os vínculos especialmente no que se refere a viagens, correio postal direto e telecomunicações.
"Exorto ao governos dos Estados Unidos a remover os obstáculos que impedem os vínculos entre nossos povos", disse Castro.
"Devemos aprender a arte de conviver de forma civilizada com nossas diferenças"
 
Raúl Castro
'Profundas diferenças'
Castro disse ainda que reconhece que há “profundas diferenças” entre os dois países, “fundamentalmente em matéria de soberania nacional, democracia, direitos humanos e política exterior”, para em seguida completar: “Reafirmo nossa vontade de dialogar sobre todos esses temas.”
O presidente cubano ainda disse que a ilha vai libertar e mandar para os EUA um homem de origem cubana que espionou para os americanos -- não se trata, nesse caso, de Alan Gross, que já está em solo americano.

Papel do Vaticano
Obama e Castro mencionaram o papel do Vaticano e do Papa Francisco em facilitar as negociações históricas entre os dois países. Obama dissse que o Papa ajudou ao pressionar pela libertação do americano Alan Gross. Raúl Castro também agradeceu o apoio do Papa Francisco para "ajudar a melhorar as relações entre Cuba e os EUA". Ele também agradeceu ao Canadá pelo apoio logístico.

Após o anúncio, Papa Francisco parabenizou os dois países e disse que continuará a apoiar o fortalecimento das relações bilaterais.
O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse que a troca de prisioneiros entre EUA e Cuba foi um gesto "corajoso" do presidente Barack Obama e que tratou-se de uma vitória para a ilha. "Temos que reconhecer o gesto de Obama, um gesto corajoso e necessário", disse Maduro a líderes do Mercosul em reunião na Argentina.

Retrospectiva 2014: Entre tapas e beijos, os barracos sertanejos

Babado, confusão e até delegacia. Em 2014, alguns dos principais artistas sertanejos viraram notícia por conta de seus problemas pessoais. Teve separação, traição de anos finalmente assumida, disputa por partilha de bens, internação em clínica reabilitação, porte de artigos ilegais e até brigas de irmãos com direito a complicações cardíacas.
Barracos sertanejos

Notícias relacionadas

Perdição total! Duas menores usam pistola em tentativa de assalto a taxista

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

 

É cada vez maior o número de menores que se envolvem com a criminalidade, em São Luís. Há poucos dias, 60 menores, entre meninos e meninas, foram apreendidos em uma festa do ‘Bonde dos 40’, em uma casa de eventos, na Avenida Santos Dumont. Nesta quarta(17), mais duas menores foram apreendidas depois de uma tentativa de assalto.

Pelas informações, armadas com uma pistola PT 380, as duas meninas tentaram assaltar um taxista, na Avenida São Luís Rei de França, na entrada para o Miritiua.

Depois de anunciarem o assalto, vendo que o taxista não queria parar, uma delas apertou o gatilho, mas a pistola estava travada. O motorista aproveitou e atravessou entre outros carros para chegar a uma viatura da PM que passava no local.

As duas menores apreendidas têm 13 e 14 anos. Uma delas, seria filha de um conhecido traficante do bairro Liberdade.


Depois de apreendidas, foram levadas para a DAI. Ficarão, no máximo, 45 dias em uma unidade da FUNAC.

13 de dez de 2014

Polícia de Santa Luzia do Paruá prende o monstro que assassinou a jovem Mônica em Presidente Médici

13 de dez de 2014


Hoje pela manhã a Policia de Santa Luzia do Paruá capturou o responsável pela morte da jovem de 22 anos, identificada como Mônica Sousa e que foi achada as margens da BR 316 em Presidente Médici, a vitima residia em Maranhãozinho e segundo familiares havia se dirigido anteriormente a cidade de Zé Doca para efetuar um saque de valor elevado.

O assassino atende pelo apelido de Lêleu e já estava respondendo em liberdade pelo crime de estupro, atualmente o mesmo retornou à Santa Luzia do Paruá onde estava residindo atualmente por alguns dias no Bairro Novo na casa do pai, segundo alguns ex-colegas o mesmo tem uma personalidade fria.
A policia chegou ao suspeito através de denúncias envolvendo o veículo usado pelo mesmo, um Celta cor preto locado, que o assassino havia locado inicialmente para fazer linha entre os municípios da região. 
O responsável pela locação do veículo se diz surpreso com o acontecido não podendo esperar que isso viesse a acontecer.

MOMENTO DA PRISÃO DO ACUSADO:



Por questões de segurança foi necessário que o mesmo fosse transferido para Zé Doca, já que o número de pessoas no entorno da Delegacia já estava grande podendo comprometer a operação.

Foto do interior do veículo aparentemente com manchas de sangue no banco do passageiro e perfurações provocadas por algum objeto cortante

11 de dez de 2014

Crime brutal com requintes de maldade contra mulher em Presidente Médici-MA

11 de dez de 2014

  
Mais uma notícia triste de violência, em Presidente Médici: encontrada morta a jovem Mônica moradora do povoado Buritirana. Hoje quinta feira 11 de dezembro, pela manhã uma pessoa que estava fazendo caminhada encontrou o corpo da jovem Mônica na BR 316 no povoado Buritirana, assassinada  cruelmente a  golpe de faca. 

Por enquanto as primeira informações são estas. 


Informações de http://presidentemedicinoticia.blogspot.com.br/